Dado o panorama atual, todo o cuidado é fundamental.  Por isso, trabalhamos todos os dias para vos fazer chegar treinos que possam ser executados por todos, pois o exercício físico é importantíssimo para a nossa saúde e bem-estar. Nesta perspetiva, o treino calisténico assume-se como uma arma poderosa, e facilmente acessível a todos. Senão vejamos:

A palavra calisténico vem de duas palavras do grego antigo, kalos (beleza) e sthenos (força). Ou seja, temos logo uma indicação do propósito deste treino. Em termos básicos, o treino calisténico é uma forma de usar o próprio corpo como o peso. Por vezes, é chamado simplesmente de treino com o peso corporal.

O treino calisténico permite aumentar a força, queimar gordura e aumentar a massa muscular. Em suma, esta modalidade, além de nos tornar mais fortes de forma funcional, melhora a nossa condição física, ajudando a desenvolver um corpo tonificado e definido.

O facto desta modalidade poder ser praticada por todos, graças à sua simplicidade em termos de equipamentos (basta o nosso peso corporal, e poder ser praticada onde quiserem – no quarto, jardim, cozinha…) assumem-se como as principais vantagens deste tipo de treino.

Podemos utilizar desde os movimentos mais básicos como os agachamentos, abdominais, pranchas ou flexões, a alguns mais complexos como os lunges, fundos e elevações. Todos estes exercícios podem ser feitos em casa. Pode-se perguntar como executar fundos nas barras paralelas em casa. Bem, para começar, pode fazer os fundos num banco apenas. Em todos os exercícios teremos uma evolução. Devemos sempre começar pela forma mais básica do exercício, até à forma mais evoluída. Todas devem ser consolidadas para poder passar a uma fase seguinte. Este aspeto é importantíssimo e fundamental no treino.

O treino calisténico é uma excelente forma de condicionar o corpo, evoluir fisicamente e ainda melhorar a saúde. Com a dedicação certa e treino de forma consistente, é possível atingir impressionantes níveis de força utilizando apenas o seu corpo.