Que o exercício físico ajuda na nossa saúde já todos sabemos, mas serão apenas essas as vantagens que temos em praticar atividade física regularmente? Sabia que essa prática também o vai ajudar a aumentar os níveis de produtividade na sua vida profissional? Pois é, pôr o corpo a mexer vai ter consequências no seu ambiente profissional, e consequentemente na sua produtividade.

São vários os estudos científicos que comprovam os benefícios da atividade física no rendimento profissional. Quando pratica exercício, o corpo liberta hormonas que fazem a mente trabalhar de forma mais eficiente. Uma dessas hormonas é a Endorfina, mais conhecida como a hormona da Felicidade.

Há pessoas que não gostam tanto de praticar exercício físico, mas gostam da sensação que fica quando acabam. Isso deve-se à libertação de endorfinas no cérbero. No entanto, essa libertação não é algo que aconteça apenas no final da atividade. Vai sendo libertada durante todo o processo de treino. Certamente já lhe aconteceu ter uma sensação de superação quando termina um exercício que ainda não tinha conseguido fazer. É exatamente essa sensação que todos nós pretendemos com a prática regular de exercício físico. E isso vai ser a nossa “alavanca” em todo o processo do treino.

Agora quais são as vantagens para o praticante no que toca ao rendimento profissional?

Temos um aumento dos níveis de concentração. Todos os desportistas têm uma capacidade maior de concentração, e com a prática regular também conseguirá essa melhoria, porque a libertação de endorfinas favorece a conexão entre neurónios, o que beneficia a capacidade cognitiva.

Outra vantagem é a melhoria de autoestima. Um praticante regular de atividade física inevitavelmente vai estar em melhor forma física, e consequentemente com mais confiança. Um trabalhador com mais confiança nele próprio vai transmitir isso na sua linguagem corporal.

Agora para as empresas, tem benefícios os seus funcionários praticarem atividade física regularmente?

Claro que sim. O exercício físico ajuda a fortalecer o sistema imunitário, o que vai levar a que os funcionários faltem menos vezes ao trabalho. Consequentemente, aumenta a produtividade individual e coletiva da empresa.

Outra vantagem para as empresas é que os seus funcionários estarão muito mais motivados para o trabalho, consequência de terem os níveis de autoestima mais elevados.

Agora que já sabe como ser mais produtivo, bons treinos!