Muitas mulheres receiam que, se fizerem musculação, ficarão com demasiados músculos e corpos masculinizados, o que não é de todo verdade. As mulheres podem, e devem fazê-lo! Os benefícios do treino de força são imensos.

O treino de força aumenta a massa magra, que, por consequência, aumenta o número de calorias consumido pelo metabolismo por dia, ou seja, ajuda-a a ficar elegante.

A tração exercida pelos músculos nos ossos como resposta à contração muscular tem um impacto superpositivo na densidade mineral óssea, que para as senhoras, principalmente a partir de certa idade, é extremamente importante.

Músculos fortalecidos garantem uma melhor função e proteção das articulações.

Relativamente ao corpo masculinizado, é muito difícil que tal aconteça.

Porquê?

Um dos principais agentes no processo de hipertrofia (aumento de massa muscular e aumento do volume da massa muscular) é a testosterona. Em relação à testosterona, as mulheres em média produzem cerca de 15x menos testosterona que os homens, logo têm muito mais dificuldade para alcançar grandes resultados hipertróficos.

A produção hormonal gerada pelo corpo é limitada, ou seja, permitindo-lhe melhorar e alcançar resultados, a partir de determinado momento a velocidade de evolução abranda significativa.

Há ainda a questão da disciplina de treino e a disponibilidade mental necessárias para tal. O treino de hipertrofia é extremamente exigente quanto ao número de sessões de treino semanais (volume de treino), assim como as cargas que são necessárias (perto de cargas máximas).

Pense menos, e faça mais!

Bons treinos!