Por onde começar?

Meal prep do inglês Meal Preparation é uma tendência que já ganhou vários adeptos por todo o Mundo. Seja por razões de economia, tempo ou até mesmo para controlar melhor o que come, a verdade é que consegue ter todos estes benefícios reunidos.

O Meal Prep consiste em planear e organizar as refeições para a semana toda e dessa forma não terá de chegar a casa, cansada (o) e ainda pensar/ confecionar o jantar ou o almoço do dia seguinte. Não existem fórmulas perfeitas e o meal prep deve ser realizado da forma que lhe for mais conveniente. Pode optar simplesmente por pré-preparar os alimentos, como arranjar os legumes ou deixar uma carne a marinar, até executar por completo todas as refeições semanais. Não se pretende com isto tornar a alimentação monótona, por isso pense em várias refeições que gosta. Para simplificar o menu, pense numa base de legumes, selecione as proteínas que o vão compor (carne, peixe, ovos, leguminosas) e selecione o acompanhamento (arroz, massa, batata-doce, quinoa…) e a partir daqui pode gerar as mais variadas refeições. Um arroz branco vai servir de acompanhamento tanto de um frango grelhado, como de um caril de grão e por aí fora.

Assim sendo, por onde começar?

1º Escolha o dia da semana para realizar a preparação

Selecione o dia que tem mais tempo e disponibilidade, e reserve 1h30-3h para preparar as refeições da semana. Pode optar por confecionar tudo até sexta-feira ou então dividir em dois momentos, confecionando as refeições até quarta-feira, por exemplo, e as restantes a partir daí.

2º Menu semanal

Para se organizar melhor deve antes de tudo decidir quais as refeições que vão compor a ementa semanal e se quiser otimizar pode pensar já no menu quinzenal ou até mensal. Desta forma consegue garantir refeições mais cuidadas, com uma boa alternância entre carne, peixe, ovos ou vegetariano, podendo variar os métodos de confeção, sem repetições.

3º Lista de compras

Depois de decidir o que vai confecionar falta decidir o que vai comprar. E aqui é onde começa a verdadeira poupança. Não só vai garantir que apenas compra o que realmente necessita, evitando assim o desperdício alimentar, como também vai evitar várias idas ao supermercado, poupando tempo. Veja o que já tem em casa, garantido que vai utilizando o mais antigo e opte por comprar apenas os frescos e perecíveis.

Nutricionista Sílvia Oliveira (2164N)